Saiba mais sobre os donativos AQUI

» Paypal ou Cartão de Crédito «

Valor do Donativo:


Mais Lidos

  • No Silêncio eu Sou No Silêncio eu Sou
    No Silêncio... No Silêncio reencontro o Som que sempre soou sem que eu o ouvisse; aquele que ecoa dentro do útero da minha Alma como a voz da eternidade debruçada sobre o tempo. No Silêncio não encontro o longe nem o perto, pois tudo é momento. Ali a vida se…
    Escrito por
    Escrito em março 19, 2016 Lido 17857 vezes
  • A História Oculta de Portugal A História Oculta de Portugal
    Caminhava por um jardim imenso, de tons predominantemente azuis, com Madalena a meu lado. A Maria não estava junto de nós tendo ficado aos cuidados de uma jovem. Aquele jardim ficava no interior do edifício do conselho no centro do qual estava o Templo. A cidade de Lis-Fátima era um…
    Escrito por
    Escrito em março 05, 2016 Lido 5336 vezes
  • Sejamos Árvores Sejamos Árvores
    Como acabar com a dualidade continuando a viver no mundo? Como fazer com que o jogo do bem e do mal, do certo e do errado, termine definitivamente em nós? Enquanto fazia esta pergunta a imagem que me vinha era a de uma árvore. A árvore está plantada nas suas…
    Escrito por
    Escrito em fevereiro 14, 2016 Lido 4767 vezes
  • Soltando a Dor Soltando a Dor
    Este vazio que nos toca sempre que a Alma se apresenta diante das nossas dores, sorrindo-nos como que percebendo a acção benigna desse grande alquimista que tudo transforma, é a maior graça que um ser pode receber, pois ali está a Cura de toda a sua ancestralidade e o resgate…
    Escrito por
    Escrito em janeiro 04, 2016 Lido 4752 vezes
  • Da Lei da Atração à Lei da Abundância Da Lei da Atração à Lei da Abundância
    Enquanto seres encarnados todos nós estamos sujeitos a várias Leis. Desde as Leis materiais que tentam regular a vida dentro do universo manifestado, como é o caso da Lei do Carma, até às Leis Espirituais que nos impulsionam para fora deste universo através da sintonia com a Vida que nele…
    Escrito por
    Escrito em outubro 09, 2015 Lido 4028 vezes
  • Uma Nova Visão do Karma Uma Nova Visão do Karma
    Nas antecâmaras do tempo, ecoa ainda hoje o Sim que todos nós pronunciámos quando nos foi perguntado se estávamos dispostos a servir no planeta a que damos o nome de Terra. De diferentes moradas cósmicas, de diferentes quadrantes deste Universo-Mãe, legiões de seres deslocaram-se para aqui com a tarefa de…
    Escrito por
    Escrito em janeiro 05, 2016 Lido 3198 vezes
  • Mensagem de Ano Novo Mensagem de Ano Novo
    Que possamos neste novo ano silenciar e permitir que a dimensão da Alma se faça cada vez mais presente na simplicidade da Vida. Que nos entreguemos aos momentos que essa Vida nos traz, em alegria e gratidão, sem construir nenhuma máscara em torno dessa realidade, pois toda a construção da…
    Escrito por
    Escrito em dezembro 31, 2015 Lido 2359 vezes
  • No Rescaldo de Paris No Rescaldo de Paris
    Os atentados de Paris mostram-nos, mais uma vez, que algo está muito errado no mundo, não apenas do lado dos extremistas e seus fundamentalismos, mas também da forma como nos relacionamos com os outros que se encontram para além dos muros daquilo a que chamamos ocidente. Não nos podemos acomodar…
    Escrito por
    Escrito em novembro 18, 2015 Lido 2333 vezes
  • Na Senda do Discípulo Na Senda do Discípulo
    A senda do discípulo, como vem sendo referido ao longo dos tempos em toda a tradição esotérica que vem desde Blavatsky, sempre foi um trilho estreito. Um trilho de muitas provações em que esse mesmo discípulo era testado na sua fé, entrega e aspiração, até se encontrar com o Mestre…
    Escrito por
    Escrito em outubro 15, 2015 Lido 2270 vezes
  • O Caminho Iniciático O Caminho Iniciático
    Quando a nossa consciência deixou os patamares superiores do universo e se debruçou sobre as esferas temporais, lançando-se nessa aventura cósmica que é a encarnação, ela o fez estabilizando a sua luz em diferentes planos dimensionais, servindo-se para isso de corpos de matéria diferenciada. Foram assim criadas as Mónadas, as…
    Escrito por
    Escrito em novembro 26, 2015 Lido 2151 vezes
  • A Nova Família A Nova Família
    Uma nova forma de relacionamento entre dois seres, que em conjunto dão expressão a um casal, está aos poucos a despertar na consciência de muitos, não pelo desejo emocional de o concretizar mas pela nota interna emitida por esses seres que percebem que nenhuma outra forma de relacionamento, que não…
    Escrito por
    Escrito em outubro 09, 2015 Lido 1925 vezes
  • A Função Espelho A Função Espelho
    No cosmos, a comunicação é feita por aquilo que se conhece como sistema de espelhos, que permite que a energia flua sem distorção, imaculada, mantendo o seu timbre e a sua nota programática e arquetípica. Este sistema é o ponto de equilíbrio do próprio universo onde nos encontramos, seja um…
    Escrito por
    Escrito em novembro 24, 2015 Lido 1924 vezes
  • O Arqueiro ZEN O Arqueiro ZEN
    No silêncio do ser, na expressão terna desse momento que tudo pacifica quando aprendemos a não resistir à Vida, mas através desta fluir com o tempo e com o espaço, deixando que seja Ela a viver em nós, tudo regressa à nota primordial da nossa encarnação, e não mais será…
    Escrito por
    Escrito em setembro 12, 2015 Lido 1875 vezes
  • O Silêncio O Silêncio
    O silêncio é a nota profunda e imaculada do nosso estado original. É a Voz da eternidade debruçada sobre o tempo; um doce murmúrio que Deus sussurra em nosso ouvido. É uma suave fragrância da Alma que preenche o vazio onde tudo se manifesta. Um aroma sagrado que abre nos…
    Escrito por
    Escrito em outubro 15, 2015 Lido 1858 vezes
  • A Verdadeira Liberdade A Verdadeira Liberdade
    Aos olhos da nossa personalidade, a vida é feita de escolhas e a cada instante temos que pesar em nós o que realmente é importante e essencial para a nossa caminhada neste mundo. Podemos optar pelos belos fogos de artifício que nos deslumbram e fascinam mas que, de tão efémeros,…
    Escrito por
    Escrito em janeiro 07, 2016 Lido 1654 vezes
  • Estados Gripais Estados Gripais
    Vivemos tempos muito peculiares. Se no passado estivemos amordaçados sob o peso da moral religiosa, submersos pelos seus dogmas que condicionaram a plena expressão do Ser, hoje estamos no extremo oposto, construindo novos dogmas. Tentamos mostrar às pessoas que elas podem ser tudo aquilo que quiserem, que através de uma…
    Escrito por
    Escrito em setembro 08, 2015 Lido 1641 vezes
  • Da Observação à Contemplação Da Observação à Contemplação
    Quantas não foram as vezes que dissemos para nós mesmos que somos seres despertos, seres que deixaram a ignorância de uma vida virada para as coisas materiais e passaram a se interessar por temáticas espirituais, sem nos apercebermos que o verdadeiro despertar não vem do interesse que possamos ter neste…
    Escrito por
    Escrito em outubro 09, 2015 Lido 1602 vezes

Sejamos Árvores

Sejamos Árvores
14 Fev.
2016

Como acabar com a dualidade continuando a viver no mundo? Como fazer com que o jogo do bem e do mal, do certo e do errado, termine definitivamente em nós?

Enquanto fazia esta pergunta a imagem que me vinha era a de uma árvore.

A árvore está plantada nas suas próprias raízes. Ela não anda de um lado para o outro à procura do alimento e da energia que necessita para viver. Ela simplesmente firma as suas raízes na terra e abre as suas folhas ao céu, e tudo o que necessita está ali, sem que nada tenha que procurar.

Para ela não há caminhos a percorrer, nem histórias a inventar... E apesar da sua imensa sombra projectada a seus pés, não existe nela o desejo de ofertar essa sombra a quem necessite proteger-se do sol. E apesar dos seus frutos doces e nutritivos, não existe nela o desejo de os doar aos homens para que estes sejam saudáveis... ela simplesmente, de forma humilde e despojada, expressa a sua natureza, e através da presença dessa natureza a sombra sempre estará disponível para quem necessitar e os frutos sempre estarão na árvore prontos a servir aqueles que os vierem buscar.

Para uma árvore só aquele instante é real. Os homens passam ao largo e ela não os chama, não vai atrás deles para impor a sua presença... simplesmente está ali, entregue ao momento. E quando os homens vierem e se sentarem na sua sombra, dela jorrará uma imensa alegria, fruto da certeza que tudo está no seu lugar exacto, sem apego nem desejo que eles ali fiquem para sempre. E depois de partirem ela continuará a ser a mesma árvore, de raízes profundas na terra e folhas lançadas ao sol. E quando os homens vierem e levarem os seus frutos, dela jorrará essa mesma alegria pelo serviço prestado, sem apego, nem desejo, nem a vontade de que esses frutos possam ajudar a curar as feridos desses homens, pois ela simplesmente expressa a sua natureza e os frutos dessa natureza são de todos e não seus. E quando ela receber o dióxido de carbono que os homens expelem e o converter em oxigénio que lhes dará a vida, não o fará a pensar nos homens, nem no bem que estará a praticar, mas fá-lo-á simplesmente porque esse é o seu próprio respirar.

E um dia, quando dos seus troncos penderem sementes prontas para despontar, não haverá nela o desejo de que estas caiam na terra e germinem em novas árvores, pois será o vento que determinará o ritmo dessa sementeira; que lançará essas sementes pelo ar, conduzindo-as a lugares que o olhar dessa mesma árvore nem sequer alcançará. Se ela quisesse impor o seu próprio ritmo e, no desejo de ver essas sementes florirem, sacudisse a árvore, todas as sementes cairiam a seus pés e as árvores que dali nasceriam acabariam por sufocá-la e tapar-lhe o sol. É o vento que determina o tempo certo das sementes se soltarem e é ele que as conduzirá ao lugar aonde têm que chegar. A nossa árvore limitar-se-á a contemplar a magia da vida sem interferir com os seus ciclos e ritmos próprios, permanecendo firme nas suas raízes e leve nos seus ramos que se dobram suavemente, sem rigidez, sempre que o vento soprar, mesmo quando esse vento se transformar em tempestades. E nessa dança, nessa melodia deixada pelas fragrância que a Vida revela através da sua presença, nada mais ficará do que a PAZ.

E é nessa PAZ que toda a dualidade se desfaz.  

Paz Profunda,
Pedro Elias

Modificado em domingo, 14 fevereiro 2016 21:52

Artigos

No Silêncio eu Sou

Colocado por Pedro Elias a março 19, 2016

No Silêncio eu Sou

em Poesia
No Silêncio... No Silêncio reencontro o Som que sempre soou sem que eu o ouvisse; aquele que ecoa dentro do útero da minha Alma como a voz da eternidade debruçada sobre o tempo. No Silêncio…

A Revolução que mudou Portugal e o Mundo

em Excertos
Estava sentada sobre o tapete, pensando na segurança que aquela pequena casa de montanha sempre me dera. Era ali que me refugiava quando necessitava de estar comigo mesma; um lugar que me acompanhou nos últimos…

A História Oculta de Portugal

Colocado por Pedro Elias a março 05, 2016

A História Oculta de Portugal

em Excertos
Caminhava por um jardim imenso, de tons predominantemente azuis, com Madalena a meu lado. A Maria não estava junto de nós tendo ficado aos cuidados de uma jovem. Aquele jardim ficava no interior do edifício…

Sejamos Árvores

Colocado por Pedro Elias a fevereiro 14, 2016

Sejamos Árvores

Como acabar com a dualidade continuando a viver no mundo? Como fazer com que o jogo do bem e do mal, do certo e do errado, termine definitivamente em nós? Enquanto fazia esta pergunta a…

Trajes de Palha, Corações de Ouro

Um coração de ouro só pode reluzir na simplicidade da palha; esse era o material que revestia o berço do menino. É também essa a imagem e a visão daquilo em que todos nós nos…

Ascensão

Colocado por Pedro Elias a janeiro 15, 2016

Ascensão

Um novo olhar é necessário sobre este tema. Uma nova compreensão necessita ancorar em nós, de modo a que possamos compreender a razão primeira e última do processo ascensional. Na verdade ninguém ascende. Essa é…

A Verdadeira Liberdade

Colocado por Pedro Elias a janeiro 07, 2016

A Verdadeira Liberdade

Aos olhos da nossa personalidade, a vida é feita de escolhas e a cada instante temos que pesar em nós o que realmente é importante e essencial para a nossa caminhada neste mundo. Podemos optar…

Uma Nova Visão do Karma

Colocado por Pedro Elias a janeiro 05, 2016

Uma Nova Visão do Karma

Nas antecâmaras do tempo, ecoa ainda hoje o Sim que todos nós pronunciámos quando nos foi perguntado se estávamos dispostos a servir no planeta a que damos o nome de Terra. De diferentes moradas cósmicas,…

Soltando a Dor

Colocado por Pedro Elias a janeiro 04, 2016

Soltando a Dor

Este vazio que nos toca sempre que a Alma se apresenta diante das nossas dores, sorrindo-nos como que percebendo a acção benigna desse grande alquimista que tudo transforma, é a maior graça que um ser…

Mensagem de Ano Novo

Colocado por Pedro Elias a dezembro 31, 2015

Mensagem de Ano Novo

Que possamos neste novo ano silenciar e permitir que a dimensão da Alma se faça cada vez mais presente na simplicidade da Vida. Que nos entreguemos aos momentos que essa Vida nos traz, em alegria…

O Caminho Iniciático

Colocado por Pedro Elias a novembro 26, 2015

O Caminho Iniciático

Quando a nossa consciência deixou os patamares superiores do universo e se debruçou sobre as esferas temporais, lançando-se nessa aventura cósmica que é a encarnação, ela o fez estabilizando a sua luz em diferentes planos…

A Função Espelho

Colocado por Pedro Elias a novembro 24, 2015

A Função Espelho

No cosmos, a comunicação é feita por aquilo que se conhece como sistema de espelhos, que permite que a energia flua sem distorção, imaculada, mantendo o seu timbre e a sua nota programática e arquetípica.…

No Rescaldo de Paris

Colocado por Pedro Elias a novembro 18, 2015

No Rescaldo de Paris

Os atentados de Paris mostram-nos, mais uma vez, que algo está muito errado no mundo, não apenas do lado dos extremistas e seus fundamentalismos, mas também da forma como nos relacionamos com os outros que…

A Cura do Cancro

Colocado por Pedro Elias a outubro 20, 2015

A Cura do Cancro

em Excertos
Excerto do romance Memórias de um Despertar - Capítulo V, pág. 82 ---------------------------------------------- No dia da inauguração do Instituto, o David mandara reunir a equipa responsável pelo Departamento da Saúde, convidando-me para estar presente, onde…

O Fim das Touradas

Colocado por Pedro Elias a outubro 20, 2015

O Fim das Touradas

em Excertos
Excerto do romance Memórias de um Despertar - Capítulo VII, pág. 104 ------------------------------------------------------- Um outro momento, que ficou gravado em mim, acontecera um ano depois. O António tinha acabado de assumir as suas funções como…

Na Senda do Discípulo

Colocado por Pedro Elias a outubro 15, 2015

Na Senda do Discípulo

A senda do discípulo, como vem sendo referido ao longo dos tempos em toda a tradição esotérica que vem desde Blavatsky, sempre foi um trilho estreito. Um trilho de muitas provações em que esse mesmo…

Retiros

Colocado por Pedro Elias a outubro 15, 2015

Retiros

Um retiro não deve ser visto por nós como uma oportunidade para nos isolarmos do mundo na busca da tranquilidade que nos falta nos meios urbanos onde vivemos. Um retiro não é um passeio pelo…

SIM

Colocado por Pedro Elias a outubro 15, 2015

SIM

Quando assumimos de uma forma consciente a direcção por nós há muito determinada, quando o Sim interno ressoa profundamente na antecâmara do Eu Superior, assumindo uma forma esférica e cristalina, todas as forças contrárias a…

Serviço

Colocado por Pedro Elias a outubro 15, 2015

Serviço

Ao contrário do que a mente colectiva da actual civilização possa definir como sendo o Serviço, servir não é fazer coisas, não é ajudar de uma forma cega movido pela vontade humana e pelas ideias…

Impessoalidade

Colocado por Pedro Elias a outubro 15, 2015

Impessoalidade

No desenrolar do processo humano, na sua crescente não identificação com as coisas deste mundo, não pela sua negação, mas pela superação em nós de todos esses apelos, a impessoalidade é essencial como forma de…

O Silêncio

Colocado por Pedro Elias a outubro 15, 2015

O Silêncio

O silêncio é a nota profunda e imaculada do nosso estado original. É a Voz da eternidade debruçada sobre o tempo; um doce murmúrio que Deus sussurra em nosso ouvido. É uma suave fragrância da…

Um Lótus que se Abre

Colocado por Pedro Elias a outubro 15, 2015

Um Lótus que se Abre

«Na dormência das águas de um pântano estagnado, na bacidez torpe de um manto de água escura, uma flor brotou à superfície e abriu-se à luz do sol. Na doçura das suas pétalas delicadas, a…

A Nova Família

Colocado por Pedro Elias a outubro 09, 2015

A Nova Família

Uma nova forma de relacionamento entre dois seres, que em conjunto dão expressão a um casal, está aos poucos a despertar na consciência de muitos, não pelo desejo emocional de o concretizar mas pela nota…

Da Lei da Atração à Lei da Abundância

Enquanto seres encarnados todos nós estamos sujeitos a várias Leis. Desde as Leis materiais que tentam regular a vida dentro do universo manifestado, como é o caso da Lei do Carma, até às Leis Espirituais…

Do Grupo ao Contexto Grupal

Colocado por Pedro Elias a outubro 09, 2015

Do Grupo ao Contexto Grupal

Na trilha do discípulo, quando este busca o encontro consigo mesmo e depois com o cosmos, várias são as fases nesse caminhar. Depois do despertar para a sua condição de Ser Espiritual, depois do levantar…

Da Terapia à Cura

Colocado por Pedro Elias a outubro 09, 2015

Da Terapia à Cura

Cada vez mais se faz necessário a formação de curadores dentro da humanidade encarnada. Seres que despojados de qualquer vontade humana de curar, e entregues à vontade de Deus, possam funcionar como verdadeiros agentes dessa…

Da Canalização à Sintonização

Durante muito tempo, a forma mais usada pelas entidades de outros planos para fazerem chegar informação a esta realidade tridimensional era através da canalização. O ser encarnado funcionava como canal para transmitir a informação que…

A Consciência

Colocado por Pedro Elias a outubro 09, 2015

A Consciência

Vejo a Consciência como a dimensão Interna do Ser, a sua verdadeira identidade, aquilo que somos em Essência. Um Ser verdadeiramente consciente é aquele que está em plena sintonia com a sua Alma. Assim sendo,…

O Fim da Dualidade

Colocado por Pedro Elias a outubro 09, 2015

O Fim da Dualidade

“A luz e as trevas, a vida e a morte, as coisas da direita e aquelas da esquerda, elas são irmãs entre si. Não é possível que se separem. Por isso, nem os bons são…

Da Observação à Contemplação

Quantas não foram as vezes que dissemos para nós mesmos que somos seres despertos, seres que deixaram a ignorância de uma vida virada para as coisas materiais e passaram a se interessar por temáticas espirituais,…

A Verdade

Colocado por Pedro Elias a outubro 08, 2015

A Verdade

Certa vez um peregrino, na busca da Verdade, escalou uma montanha e ali ficou pedindo aos deuses que lhe mostrassem essa Verdade. Em resposta ao seu pedido, uma criança chegou junto de si e disse-lhe:…

Novos Trajes

Colocado por Pedro Elias a outubro 08, 2015

Novos Trajes

Certa vez, numa aldeia, vivia alguém em conflito com a vida que levava. A razão desse conflito vinha do cheiro que ele sentia em todos os lugares onde se encontrava. Um cheiro entranhado em tudo,…

Deixar Fluir

Colocado por Pedro Elias a outubro 08, 2015

Deixar Fluir

Em muitos seres existe hoje uma urgência, uma necessidade existencial de corrigir o mundo, de sarar as feridas de uma civilização esquecida de si mesma, distante dos propósitos maiores que a ela estavam destinados. Uma…

A Verdadeira Razão de Ser de uma Semente

Certa vez um forasteiro ao passar por uma estalagem, entrou e sentou-se numa das mesas. Uma jovem que ali servia aproximou-se, cumprimentando-o enquanto lhe entregava o menu. Este pediu uma refeição ligeira que a jovem…

Reflexões Espirituais para um Nova Terra - Entrevista

(Entrevista dada a Carla Neves, uma leitora do livro) Consideras este processo do Caminho Espiritual e da Evolução do Ser, como um processo natural? Ou seja, todos os seres percorrem este caminho, ou apenas os…

A Chave de Andrómeda - Entrevista

(entrevista realizada a convite da editora, quando do lançamento do livro em Novembro 2011)Quando pensávamos que íamos poder ler o último livro da trilogia do seu romance - “Memórias de um Despertar” e com ele…

Janelas entre dois Mundos - Entrevista

(esta entrevista foi realizada em 2010 pelo editor da revista Luz & Terra a quando do lançamento deste romance) Poderia-nos contar como surgiu a história deste romance?Este romance tem mais de 15 anos, escrito logo…

Murmúrios de um Tempo Anunciado - Entrevista

(Entrevista realizada logo após a edição do livro em 2006) Como surgiu a ideia para escrever este livro? Fazendo um pequeno trocadilho, eu diria que a ideia não me surgiu mas que eu é que…

O Arqueiro ZEN

Colocado por Pedro Elias a setembro 12, 2015

O Arqueiro ZEN

No silêncio do ser, na expressão terna desse momento que tudo pacifica quando aprendemos a não resistir à Vida, mas através desta fluir com o tempo e com o espaço, deixando que seja Ela a…

A Oração

Colocado por Pedro Elias a setembro 10, 2015

A Oração

A oração é um dos momentos de maior intimidade que um ser pode experimentar. É a respiração necessária para que, através da vontade, nos possamos ligar a Deus na espontaneidade de um coração que busca…

Dos Múltiplos Caminhos Certos ao único Caminho Verdadeiro

Certa vez alguém chegou junto de mim e confidenciou-me que uma pessoa amiga, de forma muito zelosa e genuinamente preocupada, lhe informara que tinha recebido uma mensagem de uma entidade espiritual que, ao fazer-se canalizar,…

Estados Gripais

Colocado por Pedro Elias a setembro 08, 2015

Estados Gripais

Vivemos tempos muito peculiares. Se no passado estivemos amordaçados sob o peso da moral religiosa, submersos pelos seus dogmas que condicionaram a plena expressão do Ser, hoje estamos no extremo oposto, construindo novos dogmas. Tentamos…

Amor Incondicional

Colocado por Pedro Elias a setembro 08, 2015

Amor Incondicional

O amor incondicional é como o pólen lançado ao vento, sem destino, sem morada, livre nos caminhos deixados em trilhos onde este se deixa conduzir, permitindo que o fluir desse vento o encaminhe aonde é…